FOTO DO ANO


"Aprendi que um homem só tem o direito de olhar um outro de cima para baixo para ajudá-lo a levantar-se" (Gabriel Garcia Marques)

LORENZO, THE FLYING FRENCH MAN

Um homem, seus cavalos e a simbiose perfeita, em uma relação de amizade que não se explica.

Recebi esse vídeo, por email, de um dos leitores do blog. Confesso, da primeira vez que assisti cheguei a me emocionar. Amante dos animais que sou, acredito nessa perfeita simbiose, essa relação de amor e respeito mostrada no vídeo.

Fiz uma pesquisa para saber mais sobre Lorenzo. Mas não encontrei muita coisa. Melhor dizendo, quase nada. Única coisa que consegui foi, com meu inglês chulo, uma tradução das legendas do vídeo: "No sul da França, na cidade de Camargue, um homem vive com seus cavalos. Uma experiência única de amizade, obtida apenas pelos seus instintos. Uma relação de completo entendimento. As façanhas que esse homem realiza, são um espetáculo único no mundo".

Enjoy...

video

MAIS UMA DA SÉRIE: "CARA DE UM, FOCINHO DE OUTRO"

Dizem as más linguas que esse cachorro aí é "Maluco Beleza". Nasceu "há 10 mil anos atrás", tem uma namorada que ele chama de "Gita" e morre de "Medo da Chuva". Algumas fontes juram que ele fala por aí que, "'Como Vovó Já Dizia': quem não tem colírio usa óculos escuro" e grita aos quatro ventos: "Let Me Sing My Rock And Roll".



Vai dizer que não é a cara do Raul Seixas?
UM AMASSO NO SOFÁ...


video
ARMADO ATÉ OS DENTES


Esse pequeno bichinho, com cara de doce e inocente amiguinho é uma arma letal: o porco-espinho. Roedor, pertencente à família Erethizontidae ou Hystricidae. Ele pesa de 6 a 10,5 kg e tem uma média de 75 cm. Muito parecido com um esquilo armado, o porco-espinho de porco não tem nada. Só o nome.
Pequeno, leve, espinhento e narigudo, pode ser confundido com um ouriço. Os porcos-espinhos conseguem assustar até o mais destemido dos animais. Quem se arriscar a chegar perto dele, leva logo de cara uma chuva de espetos. Ataca sempre de marcha-ré e pode matar até uma onça. O bichinho já nasce com espinhos, e pode chegar a 30 mil deles na fase adulta. Seus espinhos estão levemente presos a carne, precisando de um leve toque para soltá-los.
Com hábitos muito familiares aos dos humanos, os porcos-espinhos tem uma esquisitice bem típica: gostam de se alimentar de sal e manteiga. Por isso é comum a observação desse animalzinho próximo a casas, principalmente na América do Norte.
Armado até os dentes, chegar perto desse bicho pode ser uma sentença de morte. Veja o que esse “inocente” animal fez com um cão que tentou brincar com ele.

FOTO DA SEMANA

Amor sem preconceito...



DE QUEM É ESSE CACHORRO?


O blog do Bicho Mania andou fuçando por aí e encontrou uns animaizinhos que são a cara do dono. Vai dizer que não é "a cara de um, fucinho de outro"...

Cachorro do Ronaldinho.

UMA CADELA CHAMADA FÉ


Essa é uma história verídica, com um personagem capaz de arrancar lágrimas até dos mais duros de coração. Na véspera do Natal de 2002, nasce “Faith” (que em bom português significa Fé), cachorrinha de raça não divulgada, que veio ao mundo com apenas 3 patinhas: duas traseiras, completamente saldáveis, e uma dianteira. Defeituosa, a única pata dianteira de Faith teve que ser amputada.
Certamente, Faith jamais conseguiria caminhar e fazer as atividades comuns a um cão. Afinal, Faith só tinha as duas patas traseiras. Rejeitada até pela própria mãe, o primeiro dono de Faith acreditou que ela sequer sobreviveria e pensou em sacrificá-la.


Na época, Jude Stringfellow, uma professora de carreira dos Estados Unidos, viu a pobre cadelinha e decidiu que iria treiná-la para que ela pudesse andar por si só. Ela dizia que “mesmo sem um corpo perfeito, alguém pode ter uma alma perfeita. É preciso apenas um pouco de fé”. Daí o nome de “Faith”.
No começo, Jude colocava Faith em uma prancha de surf, para que ela pudesse sentir suas pernas e a colocava para caminhar na neve. Contando sempre com a ajuda de outros cachorros, Faith, com apenas 6 meses de vida, aprendeu a se equilibrar nas patas traseiras e pular pra frente. Depois de mais algum treinamento na neve, ela passou a caminhar como um ser humano.
Faith já fez aparições no mundo todo, em programas de TV, jornais e em vários outros locais na imprensa e fora dela. Foi até cogitada para participar de um dos filmes do Harry Potter. Há, inclusive um livro, com o título “With a Little Faith” (Com um Pouco de Fé), publicado a seu respeito.

Hoje, Faith é famosa internacionalmente pela sua história de superação. Há quem a chame de cadela bípede. Há quem a chame de milagre. Eu a chamaria de exemplo.

Confira uma entrevista da dona de Faith no You Tube (em inglês), e saiba mais sobre a história dela.


TEM MÃE QUE É O BICHOO!



QUEM PRECISA DE BABÁ?

Fala a verdade, com um amigo desses, você não precisa se preocupar com o que seus filhos estão aprontando enquanto você faz seu trabalho e as tarefas da casa. A melhor babá que uma mãe pode encontrar... Apesar de que, em alguns casos (como na última foto), eles pedem ajuda.








SE UM CÃO FALASSE, O QUE ELE PEDIRIA?





Pra mim, pouco importa o carro que você tem, a casa onde mora, as roupas que usa e o saldo da sua conta bancária. Qualquer prato de comida, um osso, um graveto e um pouco de carinho me satisfazem. Também pouco me importa se você é gordo ou magro, se usa óculos, se pinta o cabelo e faz chapinha. Não interessa sua cor, religião, orientação sexual. Dê seu coração para mim, que você terá o meu. Incondicionalmente. Sem pré julgamento, preconceito, predicado ou preferência.
Minha vida dura apenas uma pequena parte da sua. Portanto, toda e qualquer eventual separação de você representa um grande sofrimento para mim. Pense muito nisso antes de me adotar.
Tenha paciência para moldar meu caráter. Nem sempre eu vou entender logo de cara onde é o meu lugar de dormir e onde devo fazer minhas necessidades. Tampouco entenderei comandos complexos. Assim como eu, nem sempre você entende as coisas logo de primeira.
Confie sempre em mim, tenha um bom conceito sobre mim, me tenha em alta estima. É disso que eu vivo e irei recompensá-lo por isso a cada oportunidade que tiver.
Quando eu fizer algo que você não gosta, que eu aprontar alguma coisa que o deixe bravo, não guarde rancor de mim e nem me deixe de castigo. Você tem sua família, outros amigos, tem o seu trabalho. Eu só tenho você. E pense bem antes de me bater. Eu, provavelmente poderia quebrar todos os ossos da sua mão em um único movimento. Mas eu não o faço.
Converse sempre comigo. Nem sempre eu vou entender todas as palavras que você fala, mas eu gosto de ouvir o som da sua voz.
Entenda-me quando eu envelhecer. Você também ficará velho um dia.
E quando eu estiver no meu momento derradeiro, não me deixe só, porque a cena é muito forte para você ver. Fique ao meu lado pois sua presença para mim é tudo. A fidelidade que lhe dei durante toda a minha vida deveria compensar esse momento de dor.
Pense bem. Em quantas pessoas você pode confiar dessa forma? Quem irá lhe fazer se sentir tão bem quanto eu, sem lhe pedir nada em troca? Tire a prova dos nove: tranque sua mulher e eu dentro do porta malas do seu carro e nos solte depois de meia hora. Veja qual de nós estará mais feliz por lhe ver.

VÍDEO DA SEMANA

Amigo bicho só não fala. Mas nem precisa...

video